menu
spacer
menu Home  
 
  NOTICIAS recentes

A luta pelos títulos anima Baja Portalegre 500

fotoCom Stephane Peterhansel no melhor campeonato da Europa

Maio vs Buhler (Moto) & Martins vs Monteiro (SSV)


CNTT está em http://cntt.motosport.com.pt

Em festa como sempre a Baja Portalegre 500, prova lançada por José Megre em 1987 e que agora sob a égide do Automóvel Clube de Portugal encerra o CNTT 2017 arranca já no próximo dia 25 quando pilotos e equipas começarem a rumar à capital do Alto Alentejo.
Para esta 31ª edição a afluência de participantes foi mais uma vez enorme e cedo o ACP anunciou que estava esgotado o limite de 300 inscrições.
A competição SSV será talvez aquela que suscite maior animação já que tal como no ano passado a prova irá contar com a presença de Messier Dakar Stephane Peterhansel uma garantia dada já em agosto por Thierry Viardot da Yamaha France

Se a presença de Peterhansel - 3º na edição de 2016 e posteriormente vencedor do Dakar pela 13ª vez - já não é em si uma novidade a possibilidade de estrear o Turbo recentemente lançado pelo construtor nipónico tornará a sua participação ainda mais atrativa.
Mas atenção que o francês esteve para não ser o único nome sonante do panorama mundial a estar presente em Portalegre. Nani Roma depois da sua presença em Portugal no Super TT chegou a ter todas as condições reunidas, mas testes da Mini inviabilizaram a sua presença. Também Nasser Al-Attiyah manifestou vontade de se estrear de SSV mas a agenda voltou a imperar.


Título SSV disputado entre Bruno Martins e João Monteiro

Desportivamente os prognósticos para o triunfo são uma completa lotaria já que mais de uma dezena de pilotos poderá vencer e muitos outros andarão lá perto.
É bom não esquecer quem em 2016 venceu um estreante Marco Silva num Yamaha. Desconhecido para a quase generalidade de pilotos estava, todavia muito bem referenciado entre os pilotos de Quad que já o tinham tido como fortíssimo adversário.
Certo é que a luta pelo título absoluto está apenas reservada ao experiente e consagrado Bruno Martins e ao jovem e estreante nos SSV esta temporada João Monteiro. Se matematicamente estão separados por 18 pontos na pratica estão por apenas 9 já que Bruno Martins tem ainda o seu pior resultado para descontar. Pela pontuação atual 9 pontos são a distancia que vai do 1º ao 3º lugar.
Título absoluto à parte e com as três marcas CanAm, Polaris e Yamaha a acreditarem na vitória de um dos seus pilotos estão ainda em aberto os títulos na Classe Promoção, Veteranos, Troféu CanAm, Taça Yamaha Classe Stock e Troféu Polaris Não Turbo.

Título Moto disputado entre António Maio e Sebastian Bühler

Também nas duas rodas o título nacional absoluto está em jogo com vem acontecendo de alguns anos a esta parte. Só que ao contrário do ano passado o duelo entre António Maio e Sebastian Bühler está ao rubro numa temporada em que competiram com aramas iguais.
Os dois pilotos entram separados por 20 pontos os mesmos que Maio terá a descontar do seu pior resultado até à data. Para vencer Bühler só tem duas opções. Ganhar a corrida ou ser 2º desde que não seja Maio a ganhar. Qualquer outro resultado ditará a renovação do título para António Maio.
De salientar que apesar das disputas de títulos foi Luís Oliveira quem venceu as duas últimas bajas. O piloto que agora representa a Honda chega a Portalegre com o título de campeão brasileiro de Enduro. Entre os outsiders uma referencia também o também piloto de Enduro Diogo Ventura.
Em disputa irá estar também em jogo o título da Classe TT1 liderada pelo jovem piloto da Yamaha, Martim Ventura

Campeão Arnaldo Martins ausente, Beto Borrego presente
Entre os Quad onde se espera a grande afluência que infelizmente não se regista nas restantes provas do CNTT o já Campeão Nacional e também vencedor da Taça do Mundo de Bajas, Arnaldo Martins é uma baixa de vulto depois do acidente que teve no inicio do mês. Tudo em aberto, portanto para que a vitória na corrida seja o grande polo de atração. De salientar a presença de Beto Borrego vencedor em 2016.

Classificações (após seis provas)
SSV: 1º Bruno Martins (Can-Am), 94 pontos; 2º João Monteiro, 76; 3º Ricardo Carvalho (Yamaha), 64; 4º
João Dias (Polaris), 56;  5º Pedro Mendes (Can-Am), 51; 6º João Lopes (Polaris), 51; 7º  Vitor Santos (Can-Am), 50; 8º Pedro Grancha (Can-Am), 46.
Moto: 1º António Maio (Yamaha), 135 pontos; 2º Sebastian Bühler (Yamaha), 115; 3º Mário Patrão (KTM) 84; 4º Luís Teixeira (Yamaha), 71; 5º Martin Ventura (Yamaha), 57; 6º Fernando Ferreira (Yamaha), 51;  David Megre (KTM), 49.
Quad: 1º Arnaldo Martins (Suzuki), 125 pontos; 2º Filipe Martins (Kawasaki), 56; 3º Joni Fonseca (Yamaha), 33; 4ºVitor Caeiro (Yamaha), 29; 5º Luís Pimenta (Suzuki), 22.
Ver todas »
os nossos CLIENTES
a sua NEWSLETTER
  © 2006 A2 comunicação. Todos os direitos reservados