menu
spacer
menu Home  
 
  NOTICIAS recentes

300 pilotos do CNTT na mítica Baja Portalegre 500

fotoCampeonato Nacional de Todo-o-Terreno 2018
Baja Portalegre 500
25 a 27 de Outubro

António Maio e João Monteiro muito perto do título


Depois de Arnaldo Martins ter assegurado em Idanha o título de Campeão Nacional nos Quad, a Baja Portalegre 500 poderá sagrar mais dois campeões ainda antes da derradeira jornada do Campeonato Nacional de Todo-o-Terreno que este ano e muito excecionalmente terá lugar em Góis.

António Maio nas motos e João Monteiro nos SSV lideram os respetivos campeonatos com uma margem bem confortável e nenhum deles necessita da vitória para conquistar antecipadamente o título.

Com cerca de três centenas de pilotos, numa jornada onde se destaca a quase centena de SSV, a Baja Portalegre 500 promete ser uma jornada desportivamente muito animada.

Na competição moto, onde o campeão António Maio se tem imposto de forma clara, Sebastian Bühler parte apostado em repetir o triunfo alcançado em Idanha na única prova do CNTT que disputou esta temporada, mas irá ter em Luís Oliveira (vencedor em 2015 e 2016) um fortíssimo adversário. A estes três grandes pilotos juntam-se o consagrado Mário Patrão na luta pelo título TT3 e a jovem esperança do TT nacional Martim Ventura, que lidera a Classe TT1.

Na competição Quad o já campeão nacional Arnaldo Martins terá, mais uma vez, na corrida de Portalegre a fortíssima concorrência de diversos pilotos alentejanos entre os quais dois ex-vencedores desta Baja. Roberto Borrego, André Carita e Ruben Alexandre são outsiders de luxo no CNTT, o mesmo acontecendo com o espanhol Teo Viñaras e João Vale e com todos eles seguramente que a corrida será bem animada.

Mas é na competição SSV que a luta promete ser mais intensa já que serão seguramente mais de uma dezena de candidatos à vitória. Os pilotos Can-Am com João Monteiro à cabeça reúnem a maior fatia do favoritismo, mas será bom não esquecer que foi aos comandos de um Yamaha YXZ 1000R que Mário Franco triunfou em Idanha. Marco Silva, Pedro Carvalho, Pedro Santinho Mendes, Luís Cidade, Nuno Fontes, João Dias, Vitor Santos, Ruben Faria, Francisco Guedes ou Luís Portela de Morais são apenas alguns dos muitos pilotos que seguramente irão disputar as primeiras posições ao segundo como tem sido habitual esta temporada.

A eles junta-se uma extensa lista de pilotos altamente credenciados que legitima um outro comunicado, dada a quantidade de informação que a sua presença nesta edição da Baja Portalegre 500 justifica.

De salientar que a Baja Portalegre 500 é ainda pontuável para o Troféu Can-Am, Taça Yamaha e Troféu Polaris.

Uma nota final para destacar o facto de haver três pilotos em prova com seis triunfos alcançados em Portalegre: Mário Patrão, António Maio e Roberto Borrego. Ruben Faria por seu lado regista três triunfos, sendo dois de moto e um de SSV.

A Baja Portalegre 500 arranca desportivamente na manhã de sexta-feira, com a realização do prólogo com 5km, a que se segue o segundo setor seletivo com cerca de 98 km cronometrados, a disputar na parte da tarde, que se inicia em Avis e termina como habitualmente no mesmo local do prólogo, em Portalegre. Já no sábado os participantes terão pela frente um único setor seletivo de 320 km.
Ver todas »
os nossos CLIENTES
a sua NEWSLETTER
  © 2006 A2 comunicação. Todos os direitos reservados