menu
spacer
menu Home  
 
  NOTICIAS recentes

Reguengos de Monsaraz recebe o melhor campeonato de TT da Europa

fotoCampeonato Nacional de Todo-o-Terreno 2020
Baja TT Capital dos Vinhos de Portugal
25 a 27 de setembro


133 inscritos em jornada alentejana que promete muita animação
João Dias (SSV), António Maio (Motos) e Luís Engeitado (Quads) lideram campeonato


Uma semana depois do regresso das competições, numa temporada marcada pela pandemia do Covid 19, a caravana do CNTT volta de novo à ação com Reguengos de Monsaraz a receber a terceira jornada do Campeonato Nacional. Com uma excelente lista de 133 participantes a jornada alentejana organizada pela Secção de Motorismo da Sociedade Artística Reguenguense conta com uma relação de presenças muito idêntica à da corrida da semana passada, confirmando a forte motivação dos pilotos.

Muitos candidatos à vitória nos SSV
Sendo tradicionalmente aquela em que a lista de candidatos ao triunfo é mais extensa a competição SSV apresenta-se com João Dias destacado na liderança do Campeonato seguido de Nelson Caxias, do campeão Pedro Santinho Mendes e do campeão Júnior Luís Cidade que está empatado com Pedro Carvalho, todos em Can-Am. Outros nomes a ter em conta seja pelo andamento apresentado na Baja TT do Pinhal como nas restantes provas disputadas no início do ano são os de Mário Franco em Yamaha, os jovens Alexandre Pinto e Gonçalo Guerreiro,  João Monteiro vencedor Taça de Portugal, Lourenço Rosa, Beto Borrego e Vítor Santos de novo todos em Can-Am.
A prova alentejana será ainda a segunda etapa da Taça Yamaha YXZ1000R que tem na liderança o campeão 2019, André Rodrigues que também segue na frente do campeonato TT2, seguido de Fernando Pinheiro. Referência ainda para a classe Stock ganha no Pinhal por Rui Serpa na estreia do Polaris Pro XP com o ex-campeão nacional a saltar de imediato para o 2º lugar do campeonato atrás de Nélson Saramago.
Classificação após duas provas: 1º João Dias, 48 pontos; 2º Nelson Caxias, 36; 3º Pedro Santinho Mendes, 33; 4º Luís Cidade e Pedro Carvalho, 22; 6º Gonçalo Guerreiro, 21; 7º Alexandre Pinto, 16; 8º Vítor Santos, 14.
Luta animada nas motos e quads
Sem a presença dos pilotos internacionais que estiveram na Baja do Pinhal a lista de participantes nas motos reúne de novo os principais candidatos ao título e primeiras posições com exceção do lesionado campeão nacional Daniel Jordão.
António Maio (Yamaha) lidera seguido de Mário Patrão (KTM) com Martim Ventura (Yamaha) líder da Classe TT1 em terceiro lugar. Salvador Vargas (Husqvarna), Micael Simão (KTM) e o regressado Bruno Santos (Husqvarna) nas posições seguintes são os candidatos aos primeiros lugares. A classe TT3 ganha por David Megre (KTM) no Pinhal é liderada por Arcélio Couto (Honda) seguido de Armindo Neves (SWM).
Classificação após duas provas: 1º António Maio (Yamaha), 47 pontos; 2º Mário Patrão (KTM), 31, 3º Martim Ventura (Yamaha), 29; 4º Sebastian Buhler (Hero), 28; 5º Salvador Vargas, (Husqvarna), 24; 6º Micael Simão (KTM), 20; 7º Daniel Jordão (Yamaha), 16; 8º Bruno Santos (Husqvarna), 10.
Nos Quad a prova foi ganha na Baja TT do Pinhal pelo regressado Ruben Alexandre, mas Luís Engeitado vencedor da prova de abertura manteve a liderança seguido de Luís Fernandes que com ele partilhou o pódio em Góis.
Classificação após duas provas: 1º Luís Engeitado (Yamaha), 43 pontos; 2º Luís Fernandes (Yamaha), 40; 3º Ruben Alexandre (Yamaha), 26.
Benimoto domina nas equipas
Ao conseguir a totalidade dos lugares de pódio da categoria SSV na Baja TT do Pinhal a Benimoto Racing confirmou e reforçou a liderança do Campeonato de Equipas que tinha conquistado na prova de abertura do campeonato seguindo agora com uma significativa vantagem sobre JB Racing e Vitória FC by SGS Car que seguem nas posições imediatas.
Classificação após duas provas: 1º Benimoto Racing, 84 pontos; 2º JB Racing, 66; 3º Vitória FC by SGS Car, 53; 4º Yamaha Bluemotor., 45; 5º Can Am Offroad Portugal, 39.
300 quilómetros em dois dias de competição
A Baja TT Capital dos Vinhos de Portugal terá uma estrutura competitiva adaptada às regras impostas pela DGS para que se possa manter o distanciamento social que a pandemia ainda exige. Nesse sentido, foi suprimido o prólogo, bem como o briefing que passará a ser escrito e a cerimónia de entrega de prémios. Na 6ª feira terão lugar as tradicionais verificações. No sábado será feita uma dupla passagem por um setor seletivo com 82 quilómetros e no domingo o mesmo acontecerá com um troço de 61,4 quilómetros.

Ver todas »
os nossos CLIENTES
a sua NEWSLETTER
  © 2006 A2 comunicação. Todos os direitos reservados