menu
spacer
menu Home  
 
  NOTICIAS recentes

António Maio, Beto Borrego e Jorge Monteiro foram os grandes vencedores

foto

- Disputa do título nas duas rodas cada vez renhido
- Borrego e Monteiro reforçaram liderança
- Bruno Ferreira (Promoção Quad), Vera Anselmo (Senhoras Quad) e Rita Oliveira (Senhoras UTV/Buggy) são já campeões

António Maio e Beto Borrego, aos comandos de uma Yamaha e Jorge Monteiro em Polaris, foram os vencedores das competições Moto, Quad e Buggy/UTV de mais uma edição da Baja TT Idanha-a-Nova, organizada pela Escuderia Castelo Branco e quinta jornada do campeonato nacional que se realiza sob a alçada da Federação de Motociclismo de Portugal.

António Maio recupera e equipa Yamaha faz novo pleno
Na prova das motos António Maio (Yamaha) superiorizou-se ao líder do campeonato, Mário Patrão (Suzuki) depois deste último ter dominado durante quase toda a corrida. Com uma diferença entre ambos que nunca excedeu o minuto, a prova viria a pender para o piloto alentejano depois de Mário Patrão ter sido forçado a parar na derradeira assistência para trocar uma roda. Luís Teixeira (Yamaha) foi o 3º mais rápido e venceu a Classe TT3 onde reforçou a liderança. O mesmo aconteceu com Sebastian Buhler (Yamaha), o líder da classe TT1 que foi o 4º em termos absolutos. Um resultado que deu pela segunda vez, esta temporada, um triunfo total para a equipa Yamaha. Vitória na Classe Promoção para Sebastião Brion (Yamaha), nos veteranos para Rodolfo Sampaio (KTM) e nas Senhoras para Flávia Rolo (KTM).

Duelo interessante entre Beto Borrego e Ricardo Carvalho
Entre os Quad e depois de um primeiro sector favorável a Ricardo Carvalho (Yamaha), seria o campeão e líder do campeonato, Beto Borrego (Yamaha) a triunfar. Beto Borrego teve problemas com o banco do seu Quad durante o SS1, enquanto Ricardo Carvalho foi muito penalizado pela eletrónica da sua máquina no derradeiro sector. 3º lugar para o regressado vice-campeão André Mendes (Suzuki), que terminou à frente do jovem Bruno Ferreira (Yamaha) que, com este resultado, se sagrou campeão da Classe Promoção. Título também já assegurado por parte de Vera Anselmo na Taça das Senhoras.


Jorge Monteiro de acordo com a matemática
Na competição destinada aos UTV/Buggy, Jorge Monteiro (Polaris) seria, de acordo com a lógica matemática, o vencedor desta corrida. 5º, 4º, 3º e 2º nas anteriores jornadas do CNTT, o piloto do Polaris 1000 estava destinado a vencer e com este triunfo confirmou a liderança do campeonato. Foi todavia uma prova extremamente renhida e só nos derradeiros quilómetros é que o ex-campeão passou para a frente da corrida. Esta, teve durante a maior parte do tempo na liderança o espanhol Roberto Viñaras que viria a parar com uma avaria já muito perto da meta. De regresso às competições, José Denis, navegado por Jorge Ferreira, brilhou aos comandos de um Polaris 900, máquina que levou até ao 2º lugar absoluto, à frente da dupla João Lopes/Bruno Santos (Polaris) que, depois de ter estado na luta pela vitória, foi obrigada a parar para mudar uma transmissão. Notável o 4º lugar absoluto da dupla feminina Dorothée Ferreira/Bernadette Vanderschelden (Polaris 1000).
Apesar de uma corrida afectada por muitos problemas a vitória na classe Buggy voltou a ser para Bruno Martins, em Rage. De salientar que também na disciplina Buggy/UTV já está atribuído o título na Taça das Senhoras a Rita Oliveira que terminou na 2ª posição depois de ter vencido nas quatro provas anteriores.

Mais informações sobre a prova em: www.escuderiacastelobranco.pt

« Voltar
os nossos CLIENTES
a sua NEWSLETTER
  © 2006 A2 comunicação. Todos os direitos reservados