menu
spacer
menu Home  
 
  NOTICIAS recentes

Nacional de TT regressa às Beiras com carimbo internacional

fotoBaja TT Idanha-a-Nova
Campeonato Nacional de Todo-o-Terreno 2016
9 e 10 de setembro

Buhler, Martins e Dias lideram campeonatos
Hélder Rodrigues presente, Mário Patrão continua ausente
Xavier de Soultrait, Minaudier Loic, David Adrià e Oriol Vidal em destaque 

Dois meses e meio depois o Campeonato Nacional de Todo-o-Terreno está de regresso e será Idanha-a-Nova a receber os concorrentes para a sua quinta etapa desta temporada de 2016. Depois de duas jornadas serranas nas Beiras, outra disputada nas pistas alentejanas e uma terceira no Algarve o Campeonato Nacional de Todo-o-Terreno regressa de novo às Beiras onde a Escuderia Castelo Branco organiza a Baja TT Idanha-a-Nova que se disputa a 9 e 10 de setembro percorrendo pistas dos concelhos da Idanha-a-Nova e Penamacor.

Prova internacional recheada de excelentes nomes do TT mundial
Para além de ser pontuável para o Campeonato Nacional de Todo-o-Terreno a Baja TT Idanha-a-Nova faz parte do calendário internacional e está incluída na Taça do Mundo de Bajas FIM e Campeonato da Europa de Bajas e para os Troféus Polaris RZR e CanAm Maverick e ainda para o Desafio Polaris ACE.
Entre os vários pilotos de nomeada inscritos uma referência especial para Xavier de Soultrait companheiro de equipa de Hélder Rodrigues na equipa oficial da Yamaha e 13º no Dakar 2015; David Adrià, piloto da Honda Espanha que recentemente foi o 4º classificado na Baja de Aragón; Minaudier Loic que foi 33º nesta última edição do dakar e no Quad não se pode deixa de mencionar o nome de Oriol Vidal 3º no Troféu catalão de resistência em 2015 e 6º lugar em Pont de Vaux em 2013.

Jovem Sebastian Buhler lidera nas duas rodas
Com o Nacional de TT 2016 a ter sido já marcado por uma queda do atual campeão nacional António Maio em Loulé, antecedida de outra de Mário Patrão em Reguengos é o jovem piloto da Yamaha, Sebastian Buhler quem lidera o campeonato onde regista um triunfo e mais três subidas ao pódio.

O jovem piloto da Yamaha vem de uma excelente participação internacional na Grécia, mas há que ter em conta que António Maio (Yamaha) venceu todas as três provas que terminou, pelo que assume o favoritismo para esta corrida tendo como principais adversários o seu companheiro de equipa e líder do campeonato e Gustavo Gaudêncio (Honda) que regista três segundos lugares.
Outros pilotos a ter em conta na prova alentejana são os Hélder Rodrigues (Yamaha) que mais uma vez compete no CNTT, António Pereira (Yamaha) que lidera a Classe TT2, David Megre (KTM), 5º do campeonato, Salvador Vargas (KTM) 2º da classe TT3 e Fausto Mota (Yamaha), o atual campeão TT3 que regressa às competições nacionais depois da violenta queda sofrida no Rally de Merzouga
 
Martins (Suzuki) vs Borrego (Yamaha) nos Quad
Se Beto Borrego (Yamaha) tinha vindo a dominar por completo a competição Quad com três vitórias sempre secundado por Arnaldo Martins (Suzuki) os inúmeros problemas pelos quais passou na Baja TT do Pinhal ganha pelo seu direto adversário relegaram-no para o 2º lugar com menos dois pontos que o regressado piloto de Cabeceiras de Basto. Fábio Ferreira em Yamaha tem estado a fazer um excelente campeonato secundado por dois pilotos da marca japonesa Nuno Gonçalves e Rodrigo Pagaime, que estão separados por apenas um ponto. O veterano António Moreira também em Yamaha e 3º do campeonato em 2015 é outro dos pilotos a ter em conta.

João Dias (Polaris) vs Ricardo Carvalho (Yamaha) nos UTV/Buggy
Com mais de quatro dezenas de máquinas inscritas a animação continua a marcar presença numa disciplina UTV & Buggy onde João Dias acompanhado de João Filipe e Ricardo Carvalho se têm destacado neste inicio de temporada com duas vitórias cada um e três subidas ao pódio absoluto. Quem também já por três vezes subiu ao pódio foi Pedro Santinho Mendes (Polaris) pelo que será sobre estes três pilotos que recairão seguramente as maiores atenções
Mas a Baja TT Idanha-a-Nova terá seguramente muitos mais potenciais candidatos à vitória. Vítor Santos (CanAm), Bruno Martins (Rage) e um batalhão de pilotos “munidos” de Polaris Turbo - Carlos Miranda, Miguel Jordão, Teo e Roberto Viñaras e Rui Serpa - são outros nomes a ter em conta.

A Baja TT do Pinhal arranca na 6ª feira dia 17 com um prólogo de aproximadamente sete quilómetros a que se segue um troço de 78,43 km. No dia seguinte será disputado mais um troço cronometrados, com 250,48 quilómetros que inclui três zonas de assistência.

Classificações do CNTT (após quatro jornadas)
Motos
Absoluto: 1º Sebastian Buhler, 69; 2º António Maio, 60; 3º António Pereira, 40; 4º Gustavo Gaudêncio, 43; 5º David Megre e Salvador Vargas, 34.
TT1: 1º Sebastian Buhler, 80; 2º Tiago Santos, 57.
TT2: 1º António Pereira, 67; 2º António Maio, 60.
TT3: 1º Gustavo Gaudêncio, 57; 2º Salvador Vargas, 52.
Promoção: 1º Lee Green, 64; 2º Tiago Santos e Marcelo Lourenço, 58.
Veteranos: 1º Sandro Carolino, 74; 2º José Alvoeiro, 60
Senhoras: 1ª Flávia Rolo, 80; 2º Catarina Sampaio, 68.
Quads
Absoluto: 1º Beto Borrego, 68; 2º Arnaldo Martins, 71; 3º Fábio Ferreira, 53; 4º Nuno Gonçalves, 39; 5º Rodrigo Pagaime, 38.
UTV/Buggy
Absoluto: 1º João Dias, 68; 2º Ricardo Carvalho, 62; 3º Pedro Mendes, 46; 4º Carlos Miranda, 44; 5º Roberto Viñaras, 35.
Navegadores: 1º João Filipe, 80; 2º Luís Engeitado, 47; 3º Paulo Gregório e Marco Miguel, 43; 5º Eurico Adão, 36.
Promoção: 1º Jorge Esperto, 66; 2º Pedro Carvalho, 57.
Veteranos: 1º Carlos Miranda, 70; 2º Rui Serpa, 60.
Senhoras: 1ª Rita Oliveira, 80; 2º Dorothee Ferreira, 34.
Troféu Polaris: 1º João Dias, 75; 2º Carlos Miranda, 58; 3º Pedro Mendes 55; 4º Rui Serpa 49; 5º Mário Ferreira, 42.
Troféu CanAm: 1º Jorge Esperto, 67; 2º Emanuel Vieira, 52; 3º Vítor Santos, 37; 4º Nuno Matias, 35; 5º Bruno Lousada, 25.
Desafio Polaris ACE: 1º João Martins, 44; 2º Marcelo Pinto, 42; 3º Alexandre Freitas, 38
« Voltar
os nossos CLIENTES
a sua NEWSLETTER
  © 2006 A2 comunicação. Todos os direitos reservados