menu
spacer
menu Home  
 
  NOTICIAS recentes

MÁRIO PATRÃO PÁRA PARA AUXILIAR EDWIN STRAVER

fotoA 11ª e penúltima etapa que hoje se disputou no Rali Dakar entre Shubaytah e Haradh foi marcada por um acontecimento infeliz para Mário Patrão que parou ao km 120 para prestar auxílio ao piloto holandês Edwin Staver, inscrito com o dorsal nº 40, que caiu inanimado alguns metros à sua frente.

Ontem, disputou-se a primeira parte da etapa maratona, onde o piloto Mário Patrão mostrou a sua destreza e perícia na assistência técnica às motos da sua equipa KTM Factory Racing, efetuou a revisão uma a uma, de forma cautelosa para que nada falhasse na segunda parte da etapa maratona. O piloto apoiado pelo CRÉDITO AGRÍCOLA partiu para a jornada de hoje, com 379 km cronometrados.

À chegada ao bivouac o piloto patrocinado pela LUSÍADAS SAÚDE, declarou que: “Foram dois dias da etapa maratona. Ontem estive a fazer revisão nas motas. Felizmente estavam todas bem e assim sendo, foi cumprido um dos nossos objetivos: o de que todas as motos da equipa voltassem ao bivouac sem problemas. Foi um dia com muitas dunas. Estava a ir no meu ritmo e ao km 120, enquanto estava a tentar encontrar um waypoint, vi um piloto caído, chamei de imediato a equipa médica e estive a prestar auxílio até à sua chegada. Senti a pulsação no pescoço dele assim que me aproximei, mas de repente deixei de sentir, não consigo verbalizar tudo o que senti: sozinhos no meio do deserto, num cenário absolutamente dantesco. A equipa médica finalmente chegou e realizou com sucesso as manobras de reanimação. Foram os 10 minutos mais longos da minha vida, só saí quando o entubaram e o levaram. Não sei como ele está. Percebi que era muito grave. Ainda tinha pela frente 250 km de especial para fazer, mas estava psicologicamente arrasado com o que tinha acabado de suceder, e o meu corpo não queria avançar. Subi para a moto sem saber como estaria o Edwin. Felizmente consegui terminar e chegar ao bivouac.”.
De salientar que Mário Patrão, apoiado pela BAHCO registou hoje o 42º tempo, ainda sujeito a correção, mas sobe mais uma posição à geral onde é agora 32º.

Amanhã disputa-se a derradeira etapa do Rali Dakar 2020, entre Haradh e Quiddiya, nos arredores da capital saudita, Riad. O piloto também patrocinado pela GARCIA&GOUVEIA SERRALHARIA CIVIL terá de percorrer um total de 447 quilómetros, 374 dos quais ao cronómetro.
« Voltar
os nossos CLIENTES
a sua NEWSLETTER
  © 2006 A2 comunicação. Todos os direitos reservados