menu
spacer
menu Home  
 
  NOTICIAS recentes

Vitórias de Nuno Ferreira e Sérgio Silva

foto

XXIII Raid TT Ferraria 2010 – 3 Horas de Resistência

• Estreia de partida em grelha
• Nuno Van Uden venceu prólogo e foi o autor da volta mais rápida

Nuno Ferreira num FBF Roler da equipa Four by Four (Buggy’s) e Sérgio Silva, num Polaris RZR 800S (UTV’s), foram os vencedores da segunta jornada do Campeonato Nacional de Todo o Terreno que este fim de semana se disputou na Ferraria.

A prova alentejana teve a particularidade de ser a única da temporada no formato de resistência, com um percurso de 19 quilómetros a ser percorrido ao longo de 3 horas. Em estreia absoluta, a partida com as máquinas alinhadas em grelha foi bastante espectacular, embora não tenha sido do agrado da generalidade dos pilotos.

Depois do acidente que destruiu por completo o Redline Revolt estreado na Baja Terras d’el Rei quando, a 15 quilómetros do final, seguia no comando, Nuno Van Uden regressou com uma máquina idêntica, mas completamente de série. O piloto da Four by Four / Redline impôs-se no prólogo, onde foi 13 segundos mais rápido que o Polaris RZR do futuro vencedor Sérgio Silva. Na corrida, o depósito de apenas 19 litros obrigou Nuno Van Uden a parar de duas em duas voltas, o que lhe retirou qualquer hipótese de chegar a vitória, apesar de ter sido o autor da volta mais rápida.

Entre os UTV’s, Sérgio Silva passou para a liderança no início da terceira volta e manteve-se assim até ao final, passando para a frente do campeonato, já que Jorge Monteiro num Polaris RZR 800S da Formula 95/NZR, vencedor da prova inicial, foi obrigado a desistir à 2ª volta. Marco Melo (Polaris RZR 800S) foi 2º à frente de Nuno Van Uden (Redline Revolt) e do estreante Carlos Miranda (Polaris RZR 800S).

Entre os Buggy’s a corrida foi mais animada. João Carvalho foi o mais rápido no Dazon 1100 da Megakart à frente do FBF Roler da equipa Four by Four, pilotado por Mário Ferreira, enquanto que o 3º tempo pertenceu ao JB 1100 da BuggySport/JB Racing de Jorge Branco.

Todavia, tal como tinha acontecido na prova algarvia, tanto João Carvalho como Jorge Branco (JB 1100) cedo ficaram fora de prova. À passagem pela primeira volta o lider era Mário Ferreira (FBF Roler), seguido do Semog 1100 da dupla Pedro Ramilo / Alcides Calçada inscrita pelo construtor português Semog. Na 3ª posição surgia o  FBF Roler do futuro vencedor Nuno Ferreira.

À quarta volta a dupla da Semog passa para a liderança embora por pouco tempo já que logo no início da zona espectáculo que se desenvolvia a seguir à linha de meta é ultrapassada pelo FBF Roler de Nuno Ferreira que conseguiu manter a liderança até final onde terminou com uma vantagem 4m49s sobre os segundos classificados, Pedro Ramilo e Alcides Calçada enquanto que na terceira posição terminou o Goka XP do Couço TT pilotado por Luís Ramalho.

A próxima prova, a Baja Cidade de Beja/Montes Alentejanos, marcada para 8 e 9 de Maio, conta com com uns inéditos 150 kms nunca antes utilizados em competição. No total, são 300 kms em linha percorridos no domingo.

No dia anterior, dia 8, um prólogo de 6 kms será percorrido duas vezes pelos autos e uma vez pelos quads, buggys e motas – estes com direito a reconhecimentos.

Classificações após duas provas

Buggy’s
1º Pedro Ramilo / Alcides Calçada (Semog), 47 pontos; 2º Luís Ramalho (Goka), 42; 3º António do Val (Dazon), 31; 4º Nuno Ferreira (FBF), 25; 5º Mário Ferreira (FBF), 20; 6º António Estevão (Nanyi), 18; 7º Rui Serpa (FBF), 16; 8º Rui Castanheira (FBF), 15.

UTV’s
1º Sérgio Silva (Polaris), 47 pontos; 2º Jorge Monteiro (Polaris); 25; 3º Marco Melo (Polaris), 22; 4º José Denis/Luís Santos (Polaris) e Nuno Van Uden (Redline), 20; 6º Carlos Miranda (Polaris), 18.

 

« Voltar
os nossos CLIENTES
a sua NEWSLETTER
  © 2006 A2 comunicação. Todos os direitos reservados