menu
menu Home  
 
  NOTICIAS recentes

Cytothera Cord é um processo inovador para uma oportunidade única

foto

Novo serviço de criopreservação de células estaminais

• Investigadores portugueses desenvolveram método único a nível europeu e dos primeiros em termos mundiais

A Cytothera, empresa do grupo farmacêutico Medinfar, acaba de lançar um novo serviço na área da criopreservação, que veio revolucionar os processos de recolha das células estaminais e sua conservação o que, até ao momento, apenas se efectuava a partir do sangue do cordão umbilical. 

O Cytothera Cord resulta da investigação de dois cientistas portugueses e é actualmente um método único a nível europeu e dos primeiros em termos mundiais, tendo sido patenteado em Portugal pela Medinfar.

Obtido a partir do isolamento das células estaminais do tecido do cordão umbilical, este método oferece um maior leque de aplicações terapêuticas do que a simples recolha do sangue do cordão. Isto porque a quantidade de células estaminais criopreservadas é muito maior e a sua natureza mesenquimatosa permite mais sucesso na sua aplicação.

“As células estaminais possuem uma elevada capacidade de multiplicação e um grande potencial de diferenciação podendo participar em inúmeros processos de regeneração e tratamento de  doenças. Com o Cytothera Cord este potencial é ainda maior. Com este serviço é possível garantir uma maior compatibilidade com todos os membros da família, as células podem ser utilizadas mais que uma vez e há um aumento da probabilidade de sucesso na sua aplicação. Para além disto, o número de terapias nas quais as células podem ser utilizadas é também mais vasta”, afirma Patrícia Cruz, directora da Cytothera.

Desta forma, abre-se caminho para tratamentos nas áreas da regeneração óssea, de cartilagem, de tendões, de músculo, incluindo músculo cardíaco; doenças neurodegenerativas; doenças neuro-traumáticas como lesões da espinal medula; Diabetes (células produtoras de insulina e pé diabético); sendo que estas células desempenham também a função de adjuvante para transplantes realizados com o sangue do cordão umbilical

A criopreservação é actualmente uma prática à qual já muitas famílias recorrem tendo em conta que essa atitude é a chave que, a qualquer momento, pode ser útil à vida do seu filho: “a criopreservação funciona como um seguro biológico. Aliás, este é um recurso eficaz para todos os que pensam na saúde a longo prazo. E uma vez que a recolha e preservação do sangue do cordão umbilical é um prática inócua tanto para mãe como criança são cada vez mais os pais que recorrem a este serviço por forma a assegurar o futuro da saúde dos seus descendentes” refere Regina Porfírio, gestora de produto da Medinfar.

O desenvolvimento deste novo processo vem comprovar  que  a actividade da Cytothera, que actua no âmbito da Biotecnologia Clínica, baseia-se nas mais recentes tecnologias de processamento e armazenamento de células estaminais em conjugação com os últimos desenvolvimentos científicos na área da terapia celular.

« Voltar
os nossos CLIENTES
a sua NEWSLETTER
  © 2006 A2 comunicação. Todos os direitos reservados